Um dia de Gran Canaria

Durante as nossas férias em Tenerife “obriguei” os meus pais a considerarem visitar outra ilha. Afinal de contas, já tínhamos visto quase tudo em Tenerife e havia certamente uma ilha vizinha que também valeria a pena visitar. Pus mãos à obra e a Gran Canaria pareceu-me o destino mais óbvio pelas fotografias de um mini Grand Canyon que me apareceram no Google. Vai daí, madrugamos uma manhã, fomos até Santa Cruz de Tenerife de onde saiam os ferries da Fred Olsen. E embarcámos. Dica: leva um livro que a viagem dura duas horas.

Chegámos a Puerto de las Nieves. Na Gran Canaria, caçámos um mapa como é habitual e tentámos definir um percurso que nos levasse ao melhor da ilha e que nos conseguisse trazer de volta a horas do nosso ferry de volta.

E foi algo assim:

Roque Nublo: A razão principal da nossa ida à Gran Canaria ofereceu-nos uma das melhores paisagens da viagem. A estrada para chegar e sair do Roque Nublo atravessa vales e desfiladeiros e é uma sucessão de curvas e contra curvas, cada uma dando-nos uma perspectiva diferente. A caminhada até ao topo não é muito longa, mas é íngreme, por isso os sapatos bons são indispensáveis.

p1000723

Já no topo, o melhor que há a fazer é mesmo sentarmo-nos à beira do precipício e apreciar a paisagem enquanto o nosso ritmo cardíaco volta ao normal!

p1000735

O Teíde ali ao fundo :)
O Teíde ali ao fundo 🙂

Maspalomas: Estas dunas gigantes lembraram-me a viagem ao deserto, mas desta vez havia água à vista! Com uma área de 400 hectares, as dunas de Maspalomas formam uma paisagem espectacular e um grande parque de diversões para quem, como eu, adora correr duna abaixo 😉

p1000741

Puerto de Las Nieves: Aqui, é onde os ferries atracam e saem para Tenerife. E acho que escolheram muito bem o sítio, porque é impossível não ficar ansioso quando o barco se aproxima e começamos a ver as escarpas verdejantes e não ficar triste e com vontade de voltar quando se dá uma última voltinha pelo centro da vila de piscatória que já foi Puerto de Las Nieves.

13226963_10204995613324859_7989386262885860116_n

Claro que faltou ver alguns sítios, como Vegueta ou Las Palmas, até porque a ilha merece no mínimo dois dias. Mas à falta de tempo, acho que foi um dia muito bem passado e voltaria sem dúvida a escolher a Gran Canaria como uma das ilhas na bucket list.

One Comment Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s