Couchsurfing: 7 passos para conseguires um sofá de forma segura

Como já escrevi nalguns posts, uso o Couchsurfing para encontrar alojamento e conhecer pessoas em alguns dos sítios que visito. Desde já aviso que o Couchsurfing não é para toda a gente. Há quem não se sinta confortável a entrar na casa de uma pessoa que nunca viu e muito menos a dormir lá. Mas para quem isso não é um problema, o Couchsurfing é uma forma única de conhecer pessoas locais, perceber como vivem e como pensam.

Por isso, aqui vai um guia em 7 passos que te vai ajudar a criar um perfil, encontrar um host e ser um/a bom guest!

  1. Perceber o Couchsurfing

A comunidade de Couchsurfing já existe há mais de 10 anos, mas ultimamente ao receber mais atenção por parte dos media e bloggers como sendo uma forma de encontrar alojamento gratuito a plataforma começou a registar inscrições de pessoas que só procuram uma forma de poupar dinheiro.

couchgraph

E é assim que NÃO deves ver o couchsurfing. Se estás só à procura de um sítio para dormir sem pagar é pouco provável que encontres um host ou que tenhas uma boa experiência. A ideia do Couchsurfing é que haja uma troca de cultura, línguas, experiências e viagens que seja compensadora para ambos os lados.

Se estás nessa, então passa ao passo dois 😉

2) Criar um perfil

Vai até ao site www.couchsurfing.com e cria um perfil. Isto pode demorar algum tempo, mas quanto mais detalhado for e mais disseres sobre ti e sobre a tua filosofia de vida mais facilmente os hosts se vão relacionar contigo. Não te esqueças de pôr algumas fotos.

3) Arranja reviews

Pede a alguns amigos que te escrevam reviews pessoais ou pessoas que já tenhas hospedo em tua casa que o façam (eles têm que estar inscritos na plataforma também). Uma das coisas mais importantes no site e o que o torna fiável é o sistema de reviews por isso vai ser sempre mais fácil encontrar um host a partir do momento em que ele consegue ver o que os outros pensam de ti 🙂

4) Pesquisa por alguns hosts

É nesta pesquisa que vais potencialmente encontrar o teu host 😀 por isso tem muita atenção e lê como deve ser os perfis. Foca-te na descrição, nos grupos que seguem e, mais importante de tudo, nas reviews. Normalmente, na secção my home também consegues perceber se vais ter um sofá, uma cama ou se dividem o quarto.

Sim, há pessoas que só estão no couchsurfing para sexo, sim há pessoas que andam nuas em casa e há pessoas que partilham a cama onde dormem, porque não têm mais nada para partilhar. Tudo isto costuma estar descrito nas informações e é por isso que deves ler tudo com muita atenção para depois não teres surpresas desagradáveis. Agora para as raparigas: se não te sentires confortável podes sempre só contactar raparigas ou famílias.

Apesar de tudo o que disse aqui reduzir bastante as chances de teres uma experiência menos positiva, nada é infalível e convém teres sempre um plano b.

5) Escreve um pedido

Depois de teres lido os perfis e teres seleccionado aqueles que gostavas de contactar está na hora de formalizar o pedido. Escreve ao teu host uma mensagem personalizada, vai buscar coisas que ele/ela tem no perfil e explica-lhe porque é que o/a queres conhecer e porque é que achas que serias um bom guest.

É possível que alguns nunca respondam às mensagens e que outros digam que não, mas normalmente consigo encontrar um host com 5 ou 7 pedidos.

6) Conversa com o teu host e planeia a tua viagem

Troca o teu número ou Facebook para se conhecerem melhor e perceberes o que podes oferecer como um miminho – eu costumo levar sempre alguma coisa 🙂  pergunta a melhor forma de chegar do aeroporto, da estação de comboio ou de onde vais.

Define um plano b de acordo com a localização do teu host. Vê se há algum hostel por perto caso haja um cancelamento de última hora, por exemplo. Na eventualidade de te cancelarem a estadia em cima da hora podes sempre recorrer aos grupos de alojamento de emergência que existem na plataforma (são mais comuns nas grandes cidades).

7) Vai e aproveita!

Está na hora de te fazeres à estrada e de ter aquele friozinho na barriga de não sabermos bem quem vamos conhecer ou onde vamos ficar. Mas no fim vale a pena 😉

O Couchsurfing também tem eventos e grupos tal como o Facebook que podem ajudar a tua integração na comunidade. Eu fiz o download da aplicação que mostra as pessoas que estão na mesma cidade que tu e que querem companhia para passear ou beber um copo. É sempre uma boa maneira de conhecer pessoas para quem viaja sozinho/a.

Não te esqueças de deixar uma review para que as pessoas que se seguem saibam o que esperar.

 

E é isto! Se tiveres mais dúvidas ou histórias para contar escreve nos comentários 😀

Advertisements

4 Comments Add yours

  1. Pingback: Escolher Viajar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s