O derradeiro guia de Londres!

Hoje, ir a Londres é mais ou menos como ir ao Porto. Com voos a 20 euros, uma pessoa mete-se na segunda circular, entra no aeroporto e duas horas e meia depois está em Londres. Ainda sai mais barato do que as portagens da A1!

Como já quase toda a gente foi a Londres pelo menos uma vez decidi aproveitar-me do facto de ter três grandes amigas a viver lá para me ajudarem a escrever um post. Aqui estão as melhores dicas para tornares a tua próxima ida a Londres ainda melhor ou para teres uma primeira viagem incrível. Apresento-te portanto: o derradeiro guia de Londres!

CHEGAR A LONDRES

As duas companhias mais baratas que ligam Portugal a Londres são a Easyjet e a Ryanair. A Easyjet tem voos para dois aeroportos: Gatwick e Luton e a Ryanair voa para Standsted. Todos eles têm várias opções para chegar ao centro da cidade, quase sempre mais caras do que o bilhete de avião em si!

De Gatwick a melhor forma é apanhar o Southern (comboio) que é mais barato do que o Gatwick Express (comboio também). De Luton e Standsted também existem comboios. Apesar do comboio ser normalmente mais caro que o autocarro, também costuma ser mais conveniente, porque evita o trânsito e todas as estações são centrais.

Mais informação sobre:

Gatwick (Sul de Londres) | Standsted (Nordeste de Londres) | Luton (Noroeste de Londres) | Heathrow (Oeste de Londres)

O QUE FAZER EM LONDRES

Uma coisa é certa: nunca te vais aborrecer em Londres. Entre museus e palácios, jardins e mercados, Londres tem sítios para veres e explorares durante várias semanas (ou meses). Aqui fica uma lista interminável de sítios fantásticos para primeiras, segundas, terceiras, quartas… (estás a ver onde isto vai dar, não é) visitas!

Alguns dos melhores museus do mundo: Gostes ou não de museus, é inegável que Londres a sabe como surpreender com os seus.

História Natural 

O museu de História Natural é, sem dúvida, o meu museu preferido em Londres. Começando pelo museu em si, que é dos edifícios mais bonitos e grandiosos que já visitei até aos ossos de dinossauros e réplicas em tamanho real de baleias este museu tem tudo para impressionar. O mais impressionante é mesmo o preço: é grátis 😀

museu historia natural londres

British Museum

O British é a versão inglesa de um MET ou Louvre. Basicamente tem a história do mundo lá dentro e a capacidade de te fazer perder um dia inteiro enquanto passeias por múmias, estátuas da Ilha da Páscoa e a Pedra da Roseta. Mais uma vez: grátis 😉

Photo by: Tamara Menzi
Photo by: Tamara Menzi

Victoria & Albert

Adoro museus que conseguem captar épocas e estilos de vida. O Victoria&Albert reúne uma colecção imensa de peças decorativas, mobiliário, jóias e trajes do mundo inteiro que ilustram a evolução das tendências ao longo de séculos. Grátis!

Insider tip: o V&A Coffe é uma das melhores partes do museu com uma sala de 1875 toda decorada e trabalhada. Os preços não são particularmente baratos, mas como nada em Londres é, vale a pena.

15176660154_e752ba2403_b
Photo by: Eric Huybrechts

National Gallery 

Apesar de pintura não ser claramente o meu forte, a National Gallery tem quadros de alguns dos melhores artistas do mundo: DaVinci, Van Gohg, Rembrandt, etc… Para além de também ter um dos edifícios mais bonitos da cidade, está mesmo no centro de Londres, na Trafalgar Square. Para (não) variar, é grátis!

Tate Modern 

O mamarracho mais famoso de Londres! Completamente dedicado à arte moderna e contemporânea o Tate é um marco em Londres e tem uma óptima vista sobre a cidade. Pessoalmente, há peças de arte contemporânea que adoro e outras que simplesmente não percebo o objectivo, mas acho sempre interessante de ver. Por outro lado, as lojas dos museus de arte contemporânea são sempre as melhores 😀  E para acabar em grande a saga dos melhores museus: é grátis!

Photo by: Christian Battaglia
Photo by: Christian Battaglia

Atenção que todos estes museus têm exposições temporárias que são pagas, mas a colecção permanente é sempre grátis 🙂

Madame Tussaud

O mítico museu das esculturas de cera. Apesar de provavelmente ser o melhor museu do mundo dentro desta categoria, tem um preço completamente exorbitante de entrada. É engraçado para se ver uma vez (adorei ir lá quando tinha 10 anos mesmo sem fazer ideia de quem eram aquelas pessoas) mas há sítios melhores onde estourar o dinheiro. A única coisa que parece valer a pena são os bilhetes combinados com o London Eye (que também nunca fui por causa do preço).

Exposições Temporárias

Para além dos museus já referidos as melhores exibições de arte do mundo passam sempre por Londres. Da última vez que lá estive apanhei a do Ai Weiwei para a qual felizmente fui arrastada (em minha defesa, eu só não queria ir porque estava em Londres e não estava a chover!!). Consulta este link para saberes tudo o que anda por aí na altura da tua visita.

p1000337
Exposição Ai Weiwei

Os refúgios da cidade: Londres, como todas as grandes cidades, pode tornar-se caótica. Por isso, quando estiveres farto(a) de ver pessoas e levar encontrões podes sempre fugir para um destes sítios:

Hyde Park

É o maior parque no centro de Londres e ocupa quilómetros e quilómetros. Tem um lago gigante, memoriais, fontes, estátuas e até um cantinho para quem quer ir protestar para a rua! (Speaker’s Corner). É uma das paragens obrigatórias em qualquer visita a Londres. No Natal, transforma-se numa feira gigante com mercadinhos e diversões.

p1150183

Insider Tip: Richmond Park

Quem diria que animais selvagens podiam estar à distância de algumas paragens de metro do centro de Londres? O Richmond Park era um parque de caça e agora é simplesmente um parque onde podes ver veados, árvores centenárias e imensas espécies de pássaros.

richmond_park_-_london_-_england_-_02102005

Insider Tip: Hampstead Heath

Um dos sítios mais “posh” de Londres. Para além de ter um parque com uma planície enorme e uma vista espectacular sobre Londres, ainda podes ter a sorte de te encontrares com o Benedict Cumberbach ou outro famoso qualquer já que muitos moram por aqui em palacetes Vitorianos.

Para fazeres o programa completo o ideal é mesmo ires ao domingo e terminares o passeio no Flask um dos sítios mais tradicionais para o típico Sunday Roast! (reserva mesa).

The Flask
The Flask

Insider Tip: Kyoto Garden, Holland Park

Uma pérola Japonesa no centro de Londres. O jardim foi uma prenda do Japão à Inglaterra para comemorar a longa amizade entre os dois países. Todo o jardim foi desenhado de acordo com a arquitectura japonesa e é quase como uma pequena viagem ao Japão.

Photo by: Suitcase Magazine
Photo by: Suitcase Magazine

Kew Gardens

Se ainda não estás a vomitar jardins, deixo mais esta sugestão: os Kew Gardens. Fui lá em miúda, na minha primeira visita a Londres, e foi um dos sítios que mais me marcou nessa viagem. Tem o inconveniente de ser pago (8 libras online) mas se gostas de plantas e flores ou de uma experiência diferente é o sítio perfeito.

Insider Tip: Regent Canal

Passeia pelo Regent Canal para veres as curiosas casas-barco, andar de bicicleta e experimentar os fantásticos brunchs nos cafés das margens. Alguns dos barcos transformam-se em pequenas bibliotecas, palcos e bares.

Photo by: The Resident
Photo by: The Resident

Viver a história: Estes são os marcos históricos que estás habituado/a a ver nos filmes e séries ou revistas cor de rosa quando alguém da família real se casa. Mesmo que o budget não seja suficiente para entrar (como o meu) são de passagem obrigatória.

Buckingham Palace

A casa da Rainha Elisabeth é o sítio perfeito para tirar as típicas fotos com os guardas de pompons na cabeça! Também podes ver o render da guarda que acontece dia sim, dia não. As datas e horas estão aqui. Para quem quer visitar o interior este é o site.

Photo by: Skeeze
Photo by: Skeeze

 

Tower of London

Mesmo ao lado do Tamisa fica a Torre de Londres, um dos símbolos mais icónicos e importantes da cidade. Hoje, é um museu cuja principal atracção são as jóias reais, a torre branca e a torre da tortura (medo!). Esta última também descreve bem o preço da coisa.

p1150519

Westminster Abbey

A sério que adorava visitar o interior desta abadia! Mas claramente que tem algo contra mim por que cada vez que lá vou já está fechada! Entretanto apercebi-me que fecha às 15.30, mas por amor de deus, quem é que fecha a estas horas? De qualquer forma, de todas estas sugestões que custam um balúrdio parece-me ser a mais interessante pela sua imponência. Para que tenhas mais sorte que eu nas tuas visitas, fica aqui o link para as informações chave.

St Paul Cathedral

Mais um ícone da cidade com preços muito pouco católicos. A Catedral de São Paulo foi durante quase 300 anos o edifício mais alto de Londres. O seu interior é extremamente rico e muito semelhante à Basílica de São Pedro em Roma.

p1150318
St Paul e Millenium Bridge

Big Ben e Parlamento

E quem não tira uma foto com o Big Ben é um ovo podre! O mítico relógio de Londres infelizmente só pode ser visitado por residentes do Reino Unido, mas o parlamento mais famosos do mundo – e hoje em dia o mais odiado da Europa – tem visitas guiadas todos os dias. Consulta este link para saberes mais.

p1150702

Escolhe o teu mercado: Eu nem sou muito de ir às compras, mas Londres tem coisas tão diferentes e alternativas que consegue aliciar qualquer um.

Camden Town 

 É um dos meus sítios preferidos em Londres! Toda a zona é dedicada ao comércio: roupa, artigos em segunda mão, comida, artesanato… Encontras um bocadinho de tudo em Camden e é refrescante ver coisas diferentes das típicas Zaras ou H&M (muito sinceramente tenho sempre vontade de comprar tudo). Os preços costumam ser negociáveis e leva dinheiro, porque a maior parte das bancas não aceita cartões. O mercado de comida é fantástico, tem banquinhas do mundo inteiro! Aconselho a fugires aos fins-de-semana porque parece que toda a cidade de Londres converge para lá nesses dias.

p1000295 p1150763

Borough Market 

O sítio perfeito para a engorda! Para além de encontrares montes de produtos frescos como frutas e legumes, também há a parte mais interessante de pilhas de brownies, paella e as melhores sandes de pato do mundo na Le Marche du Quartier!

p1000139

Uma piquena pilha de brownies
Uma piquena pilha de brownies

Insider Tip: Brixton Market 

Brixton é uma das zonas de Londres que começa a surgir no mapa como “in”. Considerada perigosa há uns anos, passou a ser uma das zonas mais vibrantes da cidade devido à sua diversidade cultural, mercados, bares e cafés.

Durante a semana o mercado de Brixton é basicamente um “food market”, de todo o mundo, claro, e aos sábados o tema do mercado muda sempre. Se não chegar, ainda tens o Trinity Arms que vende uns dos melhores hambúrgueres das redondezas.

Photo by: Kudago
Photo by: Kudago

Só mais um bocadinho de cultura? E quando parecia que já estava quase a acabar…

Insider Tip: Denis Severs’ House

Este museu é uma viagem ao passado. A casa está decorada e preservada tal e qual como seria uma casa londrina no século XVIII. A mobília, os tecidos até os cheiros! Foi tudo construído, pelo antigo proprietário da casa, de uma forma tão realista que parece que os donos ainda lá vivem.

Photo by: Avalanche Studio
Photo by: Avalanche Studio

Musicais, Ópera e Teatro

Londres tem uma oferta infinita de espectáculos. Se gostas de musicais, esta cidade é o sítio ideal para os veres. Eu vi o Fantasma da Ópera e adorei! Mal posso esperar por ver os Miseráveis, o Rei Leão… Como incentivo à cultura eles emitem bilhetes relativamente baratos para espectáculos. Ficam os links para encontrares os melhores espectáculos e preços.

Musicais | English National Opera | Teatro

Insider Tip: Queen’s House

Famosa pelas suas lindíssimas escadas em caracol, a Queen’s House é mais um sítio que podes visitar em Greenwich para além da “metade do mundo”, o meridiano. A entrada é grátis e a casa (ou palácio??) de 22 quartos foi recentemente reaberta depois de muitos anos de restauro.

16130055_1331083463621182_657867503_o
Photo by: Ana Margarida Candeias

COMER E BEBER EM LONDRES

 Para além dos mercados, Londres tem cantinhos escondidos, bares com fogueiras no verão e pubs típicos à tua espera. Descobre aqui os melhores:

Whole Foods

A Whole Foods é uma cadeia de supermercados tipo Celeiro em Portugal. Tem a vantagem de ter uma parte com comida para levar ou para comer na loja. Numa cidade com preços exorbitantes, esta é uma opção saudável e amiga da carteira!

Insider Tip: Neal’s Yard

Próximo de Convent Garden o Neal’s Yard é um cantinho muito colorido cheio de lojinhas dedicadas a produtos orgânicos e naturais e com vários cafés e restaurantes deliciosos!

Photo by: Nhs Discount Offers
Photo by: Nhs Discount Offers

Insider Tip: John Snow Pub

Se estás à procura de um Pub típico no centro Londres, este é o teu sítio. Grandes porções, cerveja, preços abaixo da média e se estás a pensar que é demasiado nerd um Pub chamado “John Snow” estás engado. Este John Snow é “só” o pai da Epidemiologia!

Photo by: Cafe Annalisa
Photo by: Cafe Annalisa

Insider Tip: Jen Cafe, Chinatown

Gostei tanto da descrição da minha amiga que vou parafrasear 😀
“Se gostas de Dumplings, então encontrei o lugar mais característico na ChinaTown que se pode pedir! Jen Cafe, 4 Newport Place, London. É uma casinha verde, longe da confusão da zona,  um espaço pequeno e barato em que os pratos e talheres não existem. Costuma ter mesa e os Dumplings são frescos e deliciosos! Eu prefiro os de porco! Tem normalmente uma senhora a fazer os Dumplings à janela o que torna a experiência melhor!

Photo by: The Very Hungry Londoner
Photo by: The Very Hungry Londoner

Insider Tip: Goddards at Greenwich

Depois da visita à casa da rainha e ao meridiano tens as empadas mais famosas de Londres para experimentar no Goddards. Mais tradicional não há, desde 1890 que está aberto e os preços também são bastante convidativos. Confort food no seu melhor!

Photo by: Goddards at Greenwhich
Photo by: Goddards at Greenwhich

Pop Brixton

O Pop Brixton é um projecto comunitário que nasceu em Londres e que junta dezenas de start ups, num espaço criativo e de co-criação. Composto por 16 bancas de comida, 4 bares e vários contentores, este é um dos sítios mais interessantes para visitares em Londres.

P
Photo by: Tag Venue

Aqua Bar, The Shard

O Shard é o edifício mais alto de Londres e tem a melhor vista sobre a cidade. Como os bilhetes para subir são caríssimos o melhor é ir a um dos bares do Shard e beber um copo. Pagas mais ou menos o mesmo, mas ao menos ainda bebes qualquer coisa 😀 o Aqua Bar é conhecido pela melhor vista e pelos cocktails de autor. Não te esqueças que o dress code é “smart casual”.

nzztld3_7ym-jamie-street
Photo by: Jamie Street

Anda, anda, anda: Londres está cheia de lugares míticos como Picadilly Circus, Carnaby Street e Oxford Street. Só tens mesmo que te atirar às ruas e ver por ti próprio/a.

p1000190 p1000197 p1000275 p1000359
p1150503

TRANSPORTES EM LONDRES

Ao contrário de certas cidades (cough Lisboa cough) os transportes em Londres funcionam perfeitamente. O metro vai a todo o lado e os autocarros não costumam demorar mais do que 5 minutos a chegar.

O melhor amigo de qualquer viajante é o Oyster Card de visitante. Funciona como o Viva em Lisboa, podes carregar com o valor que quiseres. Com este cartão não pagas mais do que 6.5 libras por dias, porque quando chegas a este valor já não desconta mais. Funciona das 04:30 da manhã às 04:29 do dia seguinte nas zonas 1 e 2. Se ficares 7 dias pode compensar comprar um travel card de 7 dias (33 libras).

3gwolkitamy-josh-wilburne

Demasiada informação? Guarda o mapa de tudo isto 🙂

Depois de um guia de 7 páginas, não há desculpas para não marcares já o voo 😉

Por fim, um imenso obrigada às minhas amigas Ana Catarina Esteves, Ana Margarida Candeias e Ana Rita Martins (sim, conheço muitas Anas) que me ajudaram a escrever este post interminável com as melhores pérolas de Londres. E deram-me imensa vontade de voltar pela quarta vez a esta cidade que nunca para de se reinventar. 

Também há coisas que são só estranhas... como este senhor gato!
Também há coisas que são só estranhas… como este senhor gato!
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s