Viajar na Austrália: dicas e informações úteis

Desde que me lembro que a Austrália estava no topo da minha lista de países a visitar. O facto de ser um país no outro lado do mundo, cheio de maravilhas naturais e coisas que te podem matar a qualquer momento só o tornava mais interessante. E é por isso que o único bilhete de avião que ainda guardo é o de Singapura – Melbourne. Porque quando aterrámos havia uma Inês aos saltinhos de alegria dentro de mim.

De toda a viagem a Austrália foi o sítio com o qual mais me identifiquei e quando saí de Melbourne só pensava: um dia hei-de cá voltar para viver uns tempos. Portanto, o que mais gostei na Austrália, não foram tanto os sítios que visitei (excepto a Fraser Island e as Blue Mountains que são magníficas), mas sim as pessoas, a forma de viver e a vibe da coisa :p

Solo Travel na Austrália

Viajar sozinho/a na Costa Este da Austrália é super fácil devido à boa rede de transportes e de hostels, mas não é o destino perfeito conhecer pessoas como o Sudoeste Asiático, por exemplo. A maioria das pessoas viaja em pares ou em pequenos grupos e assim sendo é mais difícil criar amizades espontâneas. Contudo, não é impossível! Pessoalmente acho que o Couchsurfing é a melhor aposta na Austrália, tanto para sítio onde ficar como para eventos e Hangouts (aplicação para conhecer pessoas perto de ti no Couchsurfing). As Free Walking Tours também são sempre uma boa opção.

Visto: Existe isenção de visto para os portugueses. Antes de ires para a Austrália deves ir ao site  www.border.gov.au preencher um formulário e vais receber um email a dizer que o teu pedido foi aceite. No aeroporto não precisas de mostrar nada, eles têm tudo no sistema, mas é sempre bom levar o papel ou um screenshot no telemóvel, just in case. Podes ficar até 3 meses com um visto turístico.

Moeda: 1 euro = 1.45 dólares (Abril de 2017)

Dinheiro: Na Austrália a maioria das pessoas paga tudo com cartão, muitas vezes com o sistema “tap”. Acho que o melhor é veres com o teu banco o que compensa mais, dependendo das taxas que te cobram por cada transacção. Em geral os meus cartões funcionaram bem, mas convém teres sempre dinheiro contigo caso haja alguma loja com um multibanco anti cartões portugueses como me aconteceu.

Clima: Sendo um país do tamanho de um continente, a Austrália não tem um só clima, mas sim 15!! – segundo a Wikipédia. Vão de deserto a floresta tropical ou savana! Enquanto Melbourne e Sydney têm 4 estações por ano, no Território Norte é praticamente sempre Verão e em Queensland nunca é propriamente Inverno. Por isso, diria que as melhores alturas para visitar são a primavera e o outono, uma vez que no verão chegam a estar 50 graus, o que não é particularmente agradável. Em Abril, quando fui, o tempo só esteve mau em Melbourne. O resto da viagem foi feita com sol e temperaturas de primavera-verão.

Chegar à Austrália: Ora, isto a partir de Portugal pode ser um desafio. Eu cheguei à Austrália a partir de Singapura num voo que durou quase 8 horas e me custou 140€ na Scoot, uma low cost. Outros voos baratos costumam ser a partir de Kuala Lumpur, pela Air Asia, por isso quando estiveres a pesquisar aconselho tentares: Lisboa – KL ou algumas outras cidades europeias até KL, Bangkok, Singapura ou Bali e depois low cost desses locais até à Austrália.

Cartão SIM: A rede wifi nos hostels australianos é tão má, tão má, tão má, que a melhor opção é mesmo comprar um cartão SIM. No aeroporto, a Vodafone vende cartões com 3GB a 30 dólares e em geral funcionou bastante bem. A Telstra é conhecida por ter o melhor serviço de rede, que até chegava à Fraser Island. Na altura não sabia e por isso fiquei-me pela Vodafone.

Viajar pela Austrália

A forma como se viaja pela Austrália depende muito da zona por onde se quer viajar. A Costa Este é a zona mais visitada de todo o país e por isso tem uma infra-estrutura turística muito mais desenvolvida do que a Costa Oeste, por exemplo.

 

Muita gente opta por comprar um carro (há bastante oferta nos grupos do Facebook e no Gumtree) para depois o vender quando sair do país. Acho que é uma forma verdadeiramente boa de visitar a Austrália já que existem tantos parques naturais e sítios para visitar onde os transportes públicos não chegam… Espero no futuro ter a oportunidade de viajar pelo país de carro ou caravana.

Se isso não for uma possibilidade, tens sempre autocarros, comboio (muito caro) e voos, que muitas vezes são a opção mais interessante a nível de preço. As low cost na Austrália são a Jetstar e a Tigerair. Neste post falo um pouco mais detalhadamente sobre as opções a nível de transporte na Costa Este.

Custos de viajar pela Austrália

A Austrália é internacionalmente conhecida por ser um país muito caro para se viajar. E é-o. Eu tive a sorte de através do Couchsurfing e amigos conseguir reduzir os custos de alojamento e até de transporte e alimentação e por isso mantive-me dentro do budget planeado.

Os meus custos para 25 dias em dólares australianos foram estes:

Passe autocarro: 270 dólares
Tour Fraser Island: 495 dólares
Tour Whitsundays: 474 dólares
Alojamento, transporte local e comida: 750 dólares

Noites em couchsurfing, amigos ou autocarros: 13
Noites em hostels: 8

Total: 1989 dólares

Água: não tem o melhor sabor de sempre mas podes beber da torneira, é potável.

Itinerário pela Costa Este 

One Comment Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s