Wanaka: já alguma vez tiveste uma ideia muito estúpida?

Ora bem, segundo o site oficial de Wanaka onde se encontra o famoso Roys Peak, este percurso é “a challenging walk to summit of Roys Peak that rewards hikers with spectacular views of Lake Wanaka and Southern Alps”. Bonito não é? Pois, eu cá acho que ficava melhor “uma subida vertiginosa que te vai fazer questionar o propósito da vida e dar ideias de como acabar com ela”.

Lago Wanaka

Posso afirmar, sem sombra de dúvida, que esta foi a caminhada mais dura da minha vida e pensei várias vezes em desistir. O pico está a 1500 metros e tu tens que subir 1300… A verdade é que a vista compensa de facto o esforço e os melhores conselhos que posso dar são: vai com tempo, leva podcasts ou música para te distraíres da dor e do cansaço e leva água (eu como sou esperta só levei meio litro!).

Acabei por não fazer a caminhada mesmo até ao pico, fiz até ao ponto mais famoso onde toda a gente tira fotografias e os 45 minutos finais ficam para a próxima. Acho que em geral quase ninguém vai mesmo até ao topo, a não ser os malucos que lá querem acampar ou fazer parapente!

O trilho em si está em bom estado e não apresenta qualquer dificuldade tirando a parte de ser sempre a subir. Cada vez que olhava para o topo questionava-me como é que as pessoas lá chegavam, uma vez que parece ser de impossível acesso.

É. TÃO. LONGE!
Já perto do topo, no ponto mais famoso do Roys Peak

No total são 16km, feitos em 5 a 6 horas. Eu fiz em 5 com várias paragens, três horas a subir, duas a descer, mas como disse não terminei. O alemão que foi comigo fez o percurso todo em 5 horas só com uma paragem. Mas ele é gajo. E alemão.

Antes de fazeres qualquer caminhada mais longa aconselho-te a consultares o site www.doc.govt.nz que tem sempre informação actualizada sobre os percursos e dicas “de sobrevivência”. Mesmo em época baixa é uma caminhada muito concorrida e em época alta (Primavera-Verão) eles aconselham a apanhar um shuttle ou a andar/pedalar até ao local, porque o parque de estacionamento é bem minúsculo.

Nós fizemos o Roys Peak enquanto fazíamos o percurso de carro Queenstown – Fox Glacier, mas se a pessoa que conduzir fizer a caminhada aconselho a passar uma noite em Wanaka para repor forças. No caminho parámos em Arrowtown, uma pequena aldeia histórica e falhei a famosa árvore no lago de Wanaka por falta de tempo.

Arrowtown
Image rights: Helder Ribeiro

Boa sorte!

2 Comments Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s