6 pratos para provar e repetir no Sri Lanka

É difícil não gostar da comida cingalesa. Apesar de não ser muito variada (daí o repetir) é uma explosão de sabores a cada garfada. No início, cada vez que conhecia um cingalês perguntava-lhe “Qual é o teu prato preferido?” e a resposta era sempre “Rice&Curry” até que à quarta ou quinta tentativa desisti. Não há forma daquele povo sobreviver sem o seu Arroz e Caril, seja ao pequeno-almoço, almoço ou jantar. Mas não te assustes, há mais uma coisinha ou outra para provar 😉

Rice&Curry

Este prato consiste numa quantidade inumana de arroz branco e um ou vários pratos de caril e acompanhamentos. Os melhores que comi foram em Bed&Breakfasts, quase todos os alojamentos o são. Tem só o inconveniente de em vez de comida para dois trazerem o suficiente para seis. As especiarias usadas costumam ser cominhos, caril, canela, noz-moscada, sementes de mostarda, açafrão e folhas de caril.

Os tipos mais comuns são:

– Dhal, caril de lentilhas cozinhado em leite de coco. Já experimentei esta receita e estava óptimo.
– Caril de Abóbora. Receita aprovada aqui.
– Caril de Beringela
– Caril de Frango/Peixe

Como acompanhamentos podem servir banana, feijão-verde, tomate entre outros.

Fried Rice & Fried Noodles

Para desenjoar do caril precisava de uma opção um bocadinho mais suave e daí a minha preferência por estes pratos. São simples, podem ser vegetarianos ou com frango ou camarões e estão disponíveis por todo o lado. Costumam incluir flocos de chili, por isso pede “sem picante” se não gostares.

Roti e triângulos

O melhor snack do Sri Lanka. Os roti podem ser doces ou salgados, um género de panqueca super fina recheada com queijo, banana, vegetais, ovo… basicamente o que quiseres. Quando vires uns triângulos, tipo chamuças, normalmente são recheados de vegetais, com a mesma massa dos roti, e um bocadinho picantes. Vais encontra-los em todo o lado, inclusive à venda nos comboios.

Para sobremesa, experimenta um roti de banana ou ananás com gelado e mel. Tão bom!!!

Kottu

Não fugindo muito ao estilo do roti, o Kottu é feito com pedaços pequenos da mesma massa, vegetais e ovos. Para além de um sabor, o Kottu também tem um som, o som das facas a baterem rapidamente no metal enquanto cortam a massa do roti. É um prato rápido, barato e consensual. Tal como o Pad Thai na Tailândia.

Vê como é preparado:

Hoppers

Uma pequena tacinha feita de ovo ou de uma mistura de farinha de arroz e leite de coco que faz tradicionalmente parte de um pequeno-almoço cingalês. São um acompanhamento perfeito para Dahl, ou Sambol de coco. Ao pequeno almoço também comem uns crepes recheados com um recheio de coco, mas infelizmente achei demasiado doces.

Foto terrível, mas era a única que tinha

Devilled Chicken

Apesar de não ser a minha primeira escolha por achar um prato demasiado pesado, merece estar na lista. Acompanhado de tomates, pimentos, cebolas é bem regado de um molho agridoce, originalmente chinês. Se precisares de comer proteína, de todos os pratos, este é o que tem mais.

PS: Se não gostares de picante, pede SEMPRE “not spicy”. Podes ter a sorte de receber um prato relativamente não picante 😉

Nas zonas costeiras existe muito peixe, lulas e marisco e os barbecues são bastante bons. Em todo o lado tens lassis e sumos deliciosos bem como mangas, mangostins e maracujás frescos nos mercados e lojas de ruas ao preço da chuva.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s