13 aplicações que te ajudam a viajar

Sempre fui daquelas pessoas irritantes que insistem em não usar a tecnologia quando viajam. Mapas? Os de papel é que são! Comprar um cartão SIM? Uso o wifi do hostel que bem chega!

E fui assim até decidir viajar seis meses sozinha. Porque sendo realista, a última coisa que queria era perder-me num gueto qualquer da cidade onde ninguém fala inglês. Para além disso, a internet é a melhor forma que tens de contactar com a família e como não queria preocupar a minha mãezinha decidi converter-me a um tipo de viajante mais tecnológico.

E estas foram as apps que tornaram a minha vida muito mais fácil

Olá mãe, olá pai: as comunicações

WhatsApp e Messenger

Aquelas aplicações mesmo básicas que toda a gente tem. Funcionam e quase todo o mundo (excepto em países com regimes ditatoriais), são gratuitas e podes mandar mensagens e fazer chamadas facilmente.

Onde é que é isso mesmo?: localização

Google Maps

O Google Maps é o meu grande herói. Hoje em dia já podes fazer download de áreas que vais visitar (para depois ver offline), podes guardar todos os locais que queres e, acima de tudo, a navegação é muito fácil.

Maps.me

Esta costuma ser a escolha dos viajantes mais aventureiros e que passam muito tempo sem acesso à internet. Isto porque também podes fazer download das áreas onde vais estar e já tem tudo dividido por categorias como locais de interesse, restaurantes e até caixas de multibanco, bombas de gasolina ou parques de campismo. Tenho que confessar que nunca me conquistou, porque não percebo muito bem o sistema de navegação, mas é um forte concorrente nesta categoria.

Onde é que vou dormir hoje?: alojamento

Airbnb

Raramente uso o Airbnb quando viajo porque não é o site mais indicado para quem o faz sozinho. Mas este modelo de negócio veio certamente mudar a indústria e existem casas e apartamentos incríveis por aqui.

Hostelworld

O site de alojamento que mais utilizo. A app é super útil porque todas as reservas ficam ali organizadas e também é muito fácil de reservar alojamento. Hostels do mundo inteiro numa app.

Couchsurfing

A app do couchsurfing é ideal para quem viaja sozinho porque, para além de poderes escrever aos hosts para arranjar um sofá ou cama, também tem a opção dos “Hangouts” onde podes escrever algo como “Quero beber um café” e pessoas que estejam na mesma área podem ver que estás disponível e começar a conversar contigo para irem tomar o tal café. Super útil!

Booking

Apesar de não ser a maior fã/cliente do Booking, é inegável que é aqui que se reúne o maior número de ofertas de alojamento do mundo. Por isso, em lugares como o Sri Lanka ou zonas menos desenvolvidas, é onde vais encontrar as melhores opções de alojamento.

Como é que chego ali?: transporte

As apps de transporte dependem um pouco dos locais que se visita. Costumo fazer download das apps das companhias aéreas com que vou viajar para ficar com os cartões de embarque, e por vezes, a app oficial dos transportes da cidade.

Uber

Na Europa é extremamente raro pedir um Uber ou um táxi, já lá fora às vezes é a melhor opção. Deixo esta sugestão por ser a maior rede de carros do mundo e consequentemente estar disponível em muitos sítios. O modo de funcionamento é igual em qualquer lado.

Grab

Especialmente para o Sudoeste Asiático. Os preços são mais competitivos que os do Uber e na Tailândia, Malásia ou Filipinas é mesmo uma opção genial para ires para o aeroporto ou para outro lugar onde a oferta de transportes públicos não seja grande coisa.

O que é que faço agora?: entretenimento

 Netflix

A primeira sugestão que não é gratuita, mas que me salvou de infindáveis horas de tédio. Com a aplicação da Netflix podes fazer download de conteúdo (offline) ou ver qualquer coisa em qualquer lado com internet. Se viajares durante muito tempo, vais ver que é simplesmente preciosa.

Podcast addict

Mais uma proposta de entretenimento. Os podcasts são espectaculares para te distraírem em caminhadas longas e dolorosas e em viagens de autocarro e avião, claro. Há podcasts portugueses muito, muito bons que me deixaram várias vezes a rir sozinha no meio do nada. Algumas ideias: Maluco Beleza, Sem Barbas na Língua, Mata Bicho, Governo Sombra.

Kindle ou Tablet

Por fim, esta não é uma aplicação, mas um dispositivo que te deixa ler os livros que quiseres onde quiseres. Foi quando estava na praia de Byron Bay, na Austrália. após acabar um livro e conseguir comprar o seguinte da saga imediatamente e começar a lê-lo ali que me apercebi das maravilhas desta tecnologia. Para além de ser muito mais leve do que levares um (ou 20) livros contigo, também podes ler à noite tanto nos hostels como nos autocarros sem incomodar ninguém.

Quem é que pagou o quê?: finanças

Splitwise

Esta é uma aplicação para os mais organizados. Podes acrescentar as despesas que fazes e partilha-las com as pessoas com quem viajas. É muito útil para pessoas que viajam em grupos ou pares porque tem opções como “Inês pagou 6 euros ao Miguel” e permite fazer um ajuste de contas sem se perder nada pelo caminho.

Espero que estas aplicações te facilitem tanto a vida como a mim. Se entretanto aparecerem outras geniais faço um update 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s